© 2016 - Criado por MALV Qualidade & Consultoria.

Please reload

Posts Recentes

A Abordagem CMMI para a Gestão de Processos Organizacionais

December 14, 2017

1/8
Please reload

Posts Em Destaque

Um Modelo de Gestão Eficiente Contribuindo para a Prevenção da Corrupção no Brasil - Norma ISO 37001:2016

Nunca se falou tanto sobre os recentes escândalos ocorridos no Brasil relacionados à corrupção. Temos visto o enorme impacto no desenvolvimento econômico que este comportamento institucionalizado vem causando em nosso país.

 

Em junho de 2015, o jornalista Fábio Vasconcellos divulgou um estudo realizado pela World Justice Project, uma organização independente, onde mostrou em sua primeira edição, publicada em 2011, que o Brasil havia registrado nota de 0,67 no quesito "ausência de corrupção (quanto mais próximo de 1, melhor).

 

No ano de 2015, este índice caiu para 0,46, repetindo uma tendência registrada nos anos de 2012 e 2014. (http://blogs.oglobo.globo.com/na-base-dos-dados/post/brasil-piora-no-quesito-corrupcao-do-indice-mundial-de-justica-567637.html).

 

Um dos mais recentes casos de corrupção ocorreu com a Odebrecht, onde houve o envolvimento da alta administração da empresa em financiamentos ilícitos a partidos políticos, para obtenção de vantagens e benefícios no mercado. As consequências foram desastrosas, não apenas para esta organização, como também para as demais envolvidas nos recentes escândalos.

 

Não é preciso ser um gênio ou especialista no assunto, para entender que a corrupção de fato é o maior entrave ao crescimento econômico de nosso país.

 

Mas como Norma ISO 37001:2016 pode reduzir este quadro?

A norma ISO 37001 tem como objetivo fornecer apoio às organizações através de uma cultura de integridade, transparência e conformidade com as leis aplicáveis, com os requisitos definidos pela norma e pela própria organização, por meio de políticas, procedimentos e controles adequados para tratar com os riscos relativos ao suborno.

 

Uma vez que uma organização tenha implementado os requisitos estabelecidos pela ISO 37001, a mesma pode se submeter a um processo de certificação por parte de entidade auditora acreditada.  O certificado emitido servirá para atestar que foram implementados controles e medidas para evitar que a organização se engaje em corrupção, podendo servir, por exemplo, como uma garantia para parceiros comerciais que hoje têm receio em trabalhar com companhias que praticam atos de corrupção.

 

Já existem movimentos neste sentido na Administração Pública brasileira, uma vez que algumas licitações têm exigido a existência de programas anticorrupção. A Prefeitura de São Paulo, por exemplo, incluiu uma cláusula anticorrupção nos seus contratos. Também é esperado que muitas organizações privadas estabeleçam essas cláusulas contratuais junto aos  seus parceiros comerciais como condição para a realização de negócios.

 

Portanto, quando uma organização possui a ISO 37001 implantada ela demonstra para partes interessadas do negócio (autoridades, clientes, investidores, acionistas, fornecedores, colaboradores e sociedade) que está comprometida em adotar controles para combater o suborno em todas as suas formas.

 

É importante ressaltar que a certificação na norma ISO 37001 não é um "salvo conduto" para a organização, mas sinaliza para as partes interessadas, que a organização está no caminho para evitar práticas de suborno e corrupção.

 

Se você tem interesse em conhecer um pouco mais sobre os requisitos inerentes a esta Norma para implementá-la em sua Organização, entre em contato conosco e agende uma visita!!

 

http://malvconsultoria.wixsite.com/malv

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square